Entenda a diferença entre preço e valor de um produto ou serviço

diferença entre preço e valor

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Os conceitos de preço e valor são recorrentes no dia a dia de um empreendedor, mas será que você exatamente qual é a diferença entre os dois termos?
De maneira básica, preço é o que o cliente paga, e valor é o que o cliente leva para sua residência.
A grande verdade do mundo e que você, empreendedor, precisa se atentar, é que as pessoas não estão mais somente querendo comprar um produto, mas sim um artigo que entregue alguns valores.
Por exemplo, a pessoa que faz a compra de uma televisão não quer somente um aparelho que possua entradas eletrônicas. Quer também ter a satisfação em seu lar, com som e imagem que sejam de alta qualidade, tendo ainda a sua programação preferida passando.
Falando assim, talvez o sentido dos dois termos até fique mais claro na sua cabeça, mas não precisa se preocupar. Nós vamos falar sobre isso mais a fundo, para que você consiga entender a diferença entre preço e valor de um produto ou serviço.
O que é o Preço?
O preço representa, de maneira efetiva, a quantidade de dinheiro que o consumidor vai investir no momento em que adquirir um novo bem ou serviço.
Logo, este é um dado considerado “palpável” e que pode ser quantificado.
elaboração do preço é algo que envolve:

  • O custo de produção da mercadoria;
  • A margem de lucro que se deseja adquirir sobre a venda do mesmo;
  • A demanda;
  • Os preços dos concorrentes;
  • Perfil e poder de compra do público alvo.

De forma geral, não é o preço que define a escolha de compra. Quando o cliente se vê diante de produtos ou serviços que tenham os preços semelhantes, ele vai acabar escolhendo por aqueles que tenham maior valor. Exatamente por isso que é indispensável trabalhar a percepção e diferencial de valor agregado à sua marca.
O que é o valor?
O valor se define como o grau de satisfação entre expectativas e necessidades que são atendidas por um produto ou serviço.
O valor não diz respeito ao próprio produto, mas sim a algo que é dado a ele pelo consumidor, que irá analisar o grau de:

  • Necessidade;
  • Qualidades;
  • Atributos.

Só quando o cliente é capaz de perceber esse valor é que ele consegue adquirir a sensação de que a aquisição, não importa qual o preço investido, fo,i de fato, um negócio vantajoso. Para algumas pessoas, esse sentimento de ter algo valioso é bem mais forte ou preciso do que para outras.
Vamos citar um exemplo, para tornar mais fácil a compreensão: para um homem que joga futebol e é apaixonado por isso, comprar chuteiras novas que tenham a assinatura de um jogador famoso tem um valor bem mais alto do que para sua esposa, que não se interessa pelo esporte e, caso o preço fique acima do que ela considera aceitável, a chuteira se tornará cara.
Estabelecer o valor de uma marca pode ser uma coisa um pouco mais complicada do que o preço, porque afinal, ele é algo intangível. É uma percepção bastante variável, dependendo muito do ponto de vista de cada pessoa.

  • O valor que você consegue ver em seu produto;
  • O valor que o seu cliente enxerga, que é o que define o quanto ele está disposto a pagar;
  • Valor que o mercado vê.

Esses três são completamente diferentes e, é importante que você entenda a diferença entre preço e valor de um produto ou serviço.
Agora é hora de praticar o que aprendeu!
Qualquer dúvida entre em contato conosco! Será um prazer falar com você!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

CIAP: como funciona?

Compreender a importância do Controle de Crédito do Ativo Permanente é extremamente necessário para evitar irregularidades

Ideias para motivar, melhorar a qualidade de vida e tornar seus colaboradores mais produtivos.

Além dos benefícios trabalhistas obrigatórios por lei e os tradicionais como Vale Refeição e Plano de Saúde, algumas empresas oferecem vantagens extras aos seus colaboradores como complemento de remuneração. O objetivo é reter talentos e aumentar a produtividade das equipes. Esses podem fazer a diferença para o colaborador. É o que diz Ronn Gabay, especialista em benefícios na Bematize.

Back To Top